top of page

Da convergência digital à individualização de conteúdos



Durante um longo período, a televisão se consolidou como um dos principais veículos de comunicação. Sua distribuição e consumo de conteúdo são feitos dentro do modelo de transmissão conhecido como broadcasting. Sem utilizar canal de retorno, o broadcasting pode ser chamado de unidirecional, pois adota uma única forma de transmissão, é como se fosse uma via de mão única em que as informações são transmitidas.


Conforme foram aumentam as possibilidades de produção, o público deixa de ser apenas consumidor e também se torna produtor de conteúdo (de seu próprio conteúdo complementar à produção que é feita pela indústria), impulsionados pela oferta de equipamentos de alta qualidade, custo acessível e também novos espaços de exibição e discussão que surgem com a internet.


Enquanto no passado a linguagem audiovisual dava suporte para compartilhar com os outros nossa visão de mundo como parte da nossa inserção dentro do coletivo, hoje temos um movimento contrário.

A fragmentação cultural possibilita ao público não pensar mais como um coletivo e sim como um indivíduo. Inclusive dentro de experiências imersivas e sensoriais e que antes eram feitas de forma coletiva, como as exibições de projeções em 3D, hoje as mesmas projeções reforçam conceitos individuais por meio dos óculos de Realidade Virtual (VR), cuja experiência sensorial depende dessa separação e não da inserção dos entornos.




Antes, o contexto era importante para entendermos a narrativa. Ou seja, os vídeos gravados na horizontal consideravam o ambiente, cenário, iluminação e até ruidos como formas de contar a história desejada. Mas, nessa nova dinâmica em que a individualidade prevalece, vamos nos adaptando aos novos códigos e alterando a linguagem audiovisual para retratar o mundo à nossa volta dentro dessa nova realidade.


Ainda não temos certeza aonde todas as mudanças vão nos levar daqui por diante, mas podemos elencar três pontos que chamam atenção diante da evolução que acontece agora:



Público

O público de hoje vive uma sensação de autonomia e individualidade, que reflete suas escolhas dos produtos aos comportamentos que adere.

Informação

Experiência






Comments


Guga Gonçalves, foto.jpg

Olá, que bom ver você por aqui!

Criei este blog com o objetivo de montar um canal de referência, com conteúdos sobre desenvolvimento pessoal e profissional.

 

Cadastre-se e acompanhe todas as postagens em primeira mão.

Receba todos os conteúdos em primeira mão.

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Whatsapp
bottom of page