top of page

O que é Transe Hipnótico e como isso acontece?

Muita gente tem receio sobre um processo de transe hipnótico, seja por preconceito cultural ou, simplesmente, por desconhecimento. Bora desvendar o que é e como funciona um transe hipnótico?

imagem ilustrativa de um banco de imagem com círculos de diversas formas a ângulos diferentes; o objetivo desta imagem é que o interlocutor consiga fazer uma auto-hipnose

Entrar em transe é um processo comumente natural. Nós humanos entramos e saímos de transe o tempo todo. Mas afinal, o que é o transe?


A grosso modo, podemos resumir que o transe nada mais é que um estado diferente do nosso estado normal, como por exemplo: uma briga no trânsito, as gargalhadas num show de stand-up, um ato sexual, o alterar da mente durante um processo de embriaguês, as emoções num festival de música, o alterar da voz numa discussão, entre tantos outros.


7 Principais dúvidas sobre o Transe Hipnótico


Posso ficar definitivamente preso em um transe?

Não. Um processo de transe dura entre 15 minutos e 2 horas.

Posso revelar meus segredos durante um processo de transe?

Posso fazer coisas que eu preferia não fazer?

Posso perder a consciência e dormir em um estado de transe?

Entrar em transe oferece algum risco à saúde?

Posso ser hipnotizado caso eu não queira ser?

Posso ficar viciado em hipnose?


Mudanças no Ritmo das Ondas Cerebrais

​​Beta - consciência total

​​​13 à 25 ciclos/segundo

​​Alfa - Relaxamento

​​​8 à 12 ciclos/segundo

​​​Teta - Hipnose profunda

​​5 à 7 ciclos/segundo

​​Delta - sono fisiológico

​​​3 à 4 ciclos/segundo


Escala de Suscetibilidade

Hipnoidal - 95%

Esse é o estado de transe que temos em nosso dia a dia, sem saber que estamos em um processo de transe (ou microtranse).

É quando fechamos os olhos numa palestra, igreja ou meditação e nos permitirmos receber uma determinada mensagem.

Existe um processo consciente atuando.

Leve - 75%

Média - 65%

Profunda - 25%

Sonambúlico - 10%


SUSCETIBILIDADE E SUGESTIONABILIDADE

Uma pessoa pode ser totalmente suscetível ao transe ou ser treinada para isso, porém, ela pode não estar necessariamente sugestionável em relação à um comando específico.


Normalmente, a não sugestionabilidade está relacionada à um determinado sistema de crenças e valores.


TIPOS DE SUGESTIONABILIDADE

Toda e qualquer pessoa capaz de entender instruções simples é sugestionável, mas existem tipos diferentes de sugestionabilidade.


Nesse sentido existem inúmeras variáveis, mas a variável mais importante é o de coeficiente analítico, que subdivide-se em duas partes:



Pessoas analíticas

São pessoas mais racionais, cartesianas e com tendências à serem céticas.

Pessoas não-analíticas


Da mesma forma que não existe uma pessoa totalmente 100% analítica, também não existe uma pessoal 100% não-analítica, mas umas que tendem mais para um lado ou para o outro.

As pessoas mais analíticas respondem melhor a argumentos lógicos e, geralmente, são mais controladoras, portando, caso sinta que há alguém se mostrando com maior controle do que ela, possivelmente, essa pessoa sairá do transe repleta de julgamentos. Já as pessoas não-analíticas, respondem muito bem a um processo de condução ou até mesmo fantasioso, o que os permite maior entrega durante um processo.


MENTE CONSCIENTE E MENTE INCONSCIENTE

Com a hipnose, podemos gerar um afrouxamento entre as barreiras existentes entre a mente consciente e inconsciente.


Todas as pessoas que buscam um processo de hipnose pela primeira vez devem se perguntar:

  • O que acho que é hipnose?

  • Quais são as dúvidas que tenho a respeito da hipnose?

  • Existe algum medo ou receio de passar pelo processo?

  • O que me trouxe até aqui?



Espero muito que este conteúdo tenha feito sentido e que você possa ter entendido um pouco a respeito do que é hipnose.





Comentarios


Guga Gonçalves, foto.jpg

Olá, que bom ver você por aqui!

Criei este blog com o objetivo de montar um canal de referência, com conteúdos sobre desenvolvimento pessoal e profissional.

 

Cadastre-se e acompanhe todas as postagens em primeira mão.

Receba todos os conteúdos em primeira mão.

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Whatsapp
bottom of page